LaLiga

Resumo-LaLiga: Rodada 20

Resumo da rodada da La Liga

POR: Paulo Vítor Trindade @paulovitort

A segunda etapa da LaLiga começou com vários passeios, principalmente entre os times mais “humildes” para cima de casacas grossas, acompanhe agora, o resumo da rodada.

O Barcelona, que havia perdido para o Granada no primeiro turno por 2 x 0, agora recebeu o adversário e veio a revanche. O jogo foi mais equilibrado do que o esperado e apesar de ser seu primeiro jogo Quique Setién, novo técnico do Barça já demonstrou seu poderio ofensivo, mas também sua vulnerabilidade defensiva. O Granada criou boas chances e até acertou a trave, porém teve um jogador expulso no segundo tempo. Com uma assistência inusitada de Vidal Messi fez o único gol da partida. É o segundo gol de pé direito do craque em pouco tempo. Final: Barcelona 1 x 0 Granada.

O Real Madrid também venceu e continua a caça do rival. Os Merengues receberam o Sevilla e o jogo foi duro. Os visitantes foram os primeiros a balançar as redes, mas seu gol foi anulado pelo VAR. Isso fez com que só houvesse gols no segundo tempo. O primeiro saiu com boa assistência de Jovic para Casemiro que encobriu o goleiro. O Sevilla empatou com De Jong, que recebeu de Munir após enfrentar a marcação, mas Casemiro fez de novo de cabeça após cruzamento pela direita. Final: Real Madrid 2 x 1 Sevilla.

O segundo resultado mais surpreendente provavelmente foi a derrota do Atlético para o Eibar. Os confiantes donos da casa receberam um time abalado após a derrota na Supercopa. Enquanto os Colchoneros perdiam chances, os bascos ficavam mais confiantes. O melhor momento dos visitantes foi após tomarem o primeiro gol de Burgos, mas aos poucos foram engolidos até tomarem o segundo em arremate de Exposito. Final: Eibar 2 x 0 Atlético de Madrid.

O Leganés foi destruído em casa pelo Getafe no primeiro tempo. Dois cruzamentos precisos, dois gols de cabeça: um Cabrera e outro de Nyom. Os visitantes ainda encerraram com Molina dando um traço no goleiro e rolando para Mata fazer o terceiro. Mata ainda pedeu uma grande chance no segundo tempo. Final: Leganés 0 x 3 Getafe.

Em casa e após perder seu técnico para o Barcelona, o Betis dominou a Sociedad. Iglesias cabeceou para dentro após cobrança de escanteio e os alviverdes encerraram o primeiro tempo com assistência de Emerson para Sanchez, que terminou em gol. A caixão foi fechado nos acréscimos quando Guardado serviu Canales que fez o terceiro. O jogo ainda teve um quase gol olímpico e um quase gol do meio de campo. Final: Real Betis 3 x 0 Real Sociedad.

O segundo resultado mais surpreendente foi a derrota do Atlético porque o de fato mais surpreendente foi a goleada do Mallorca para cima do Valência. A única boa chance dos morcegos foi justamente a do seu único gol marcado por Torres no segundo tempo. Já o resto teve apenas o Mallorca em campo. O primeiro veio em cabeçada de Raíllo após cruzamento certeiro. O segundo saiu com desvio de Budimir após chute cruzado de Rodríguez e o terceiro, após boa tabela de Junior com Sevilla abriu a defesa e ternou, mais uma vez no pé de Budimir que estufou a rede. O quarto, assim como o de Torres veio no segundo tempo, depois de expulsão de Parejo. Budimir escorou para arremate de Rodríguez de fora da área. Budimir ainda teve uma ótima chance no final com assistência de Kubo, mas desperdiçou. Final: Mallorca 4 x 1 Valencia.

O Bilbao recebeu o Celta para um jogo muito equilibrado e aberto, porém os gols só saíram no segundo tempo. Aspas tocou para Alcántara bater cruzado de fora e abrir o placar, mas o empate veio com García batendo pênalti. Final: Athletic de Bilbao 1 x 1 Celta de Vigo.

O Villa tropeçou em casa contra o Espanyol. O pequenino catalão havia empatado com o Barcelona na última rodada e agora vence o Villa, mesmo que com muito sofrimento. O primeiro gol saiu em cobrança de escanteio em que a bola sobrou para López mergulhar e estufar a rede. O segundo saiu no início do segundo tempo, também de cabeça com Tomás. A penitencia do Espanyol começou com um pênalti que, além de resultar no gol de Cazorla para o Villa, também resultou na expulsão de López. Dessa forma, a pressão foi absoluta até o final e o submarino amarelo amassou a trave, mas não conseguiu empatar. Final: Villareal 1 x 2 Espanyol.

O Alvés visitou o Levante e dominou completamente o jogo. O placar teria sido muito maior se não fosse o goleiro Fernández, do Levante. A defesa muito fraca dos anfitriões não conseguiu segurar quase nenhum ataque pela esquerda e por lá saiu o único gol do jogo, marcado por Vidal. Final: Levante 0 x 1 Deportivo Alavés.

E por fim, Osasuna e Valladolid fizeram um jogo muito equilibrado, mas que por erros de mira dos atacantes e boa atuação dos goleiros o 0(zero) não saiu do placar. Final: Osasuna 0 x 0 Real Valladolid.        

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta