Futebol

Transição de Mattos

Mattos dirigente do Cruzeiro

POR: Paulo Vítor Trindade @paulovitort

Alexandre Mattos, ex-dirigente do Palmeiras, irá trabalhar no Cruzeiro por 45 dias em um período de transição. O motivo é a sua contratação pelo Reading FC, time da segunda divisão inglesa. Um mês e meio seria o que o profissional precisaria para conseguir o visto trabalhista para atuar na Inglaterra.

Mattos esteve em reunião com o Vice-Presidente de Futebol do Cruzeiro, Pedro Lourenço e o presidente do Conselho de Transição, Saulo Fróes. Ficou acordado que o ex-dirigente trabalharia no clube por 45 dias e por solidariedade e gratidão, ou seja, sem salários. Agora, Mattos terá de lidar com a delicada situação do clube, em que mais de metade do elenco excede a folha salarial permitida, sem falar em novas políticas econômicas e administrativas. O Cruzeiro ainda considerou o nome de Rodrigo Pastana, do Coritiba para o cargo, mas foi descartado. Um segundo nome também esteve em discussão, mas não foi divulgado.

Mattos aproveitou seu tempo desempregado para viajar com a família e visitar o Reading FC. O ex-dirigente conversou diretamente com o dono do clube, Dai Yongee. O chinês administra mais ainda mais dois clubes de futebol na China e um na Bélgica. Esse fator está diretamente ligado à função de Mattos, que será selecionar jogadores desses times parceiros que fossam ser úteis no Reading.  O clube está em ascensão na Championship após início ruim e inaugurará o seu novo centro de treinamento em Março, com grande estrutura, também já visitado por Mattos.

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta