LaLiga

Resumo: La Liga – Rodada 18

Resumo da rodada da La Liga

POR: Paulo Vítor Trindade @paulovitort

Após os tropeços de Barcelona e Real Madrid e o El Clássico que ocorreu no meio da semana e terminou empatado por 0 x 0, finalmente o campeonato espanhol tem um líder. Acompanhe agora um resumo do que ocorreu nessa décima oitava rodada.

O Barcelona goleou o Alavés no Camp Nou. Como é de praxe Messi e Suárez foram os homens do jogo. O primeiro tempo foi catalão e os anfitriões aproveitaram para fazer dois gols, ambos com assistência de Suárez. No primeiro, o uruguaio rolou para Griezmann, que chegou de trás e chapou pro canto e no segundo, ele camisa 9(nove) abriu para Vidal na direita e o chileno arrematou cruzado para as redes. Tudo parecia dominado até Duarte cruzar na cabeça e Pons e diminuir para Alavés no segundo tempo, mas os bascos quando os bascos estavam tentando crescer no jogo Messi apareceu para fazer um golaço e acabar com os ânimos. Suárez ainda marcou de pênalti após uma bola cabeceada para o gol resvalar no braço do zagueiro do Alavés. Final: Barcelona 4 x 1 Alavés.

A responsabilidade ficou para o Real Madrid, porém os merengues não souberam arcar com ela. “Los Blancos” bombardearam o goleiro basco e amassaram as traves do Santiago Bernabéu, mas nada de gols. Final: Real Madrid 0 x 0 Athletic de Bilbao.

O Mallorca recebeu o Sevilla e teve a primeira boa chance do jogo em jogada de Kubo pela direita, mas depois os visitantes dominaram a primeira etapa. O primeiro gol saiu em cobrança de escanteio. A bola foi cruzada por cima, o goleiro errou a saída e Diego Carlos pôs para dentro de cabeça. O Mallorca ainda balançou as redes no primeiro tempo, mas o gol foi anulado por impedimento milimétrico flagrado pelo VAR. A tecnologia ainda marcou um pênalti para o Sevilla no segundo tempo convertido por Banega. Final: Mallorca 0 x 2 Sevilla.

O Betis recebeu o Atlético e a partida foi superequilibrada e franca. As duas equipes jogaram aberto e com muita disposição, mas perderam muitas oportunidades na primeira etapa. Nos 45’ decisivos o Atlético achou o caminho do gol por duas vezes. A primeira foi com Correa que aproveitou a falha na defesa do Betis, driblou o goleiro e abriu o placar, e na segunda, Correa volta a aparecer, rolando para Morata marcar de letra. O Betis diminuiu nos acréscimos com arremate de Bartra, mas não adiantou. Final: Real Betis 1 x 2 Atlético de Madrid.

O Osasuna recebeu a Sociedad e levou um passeio no primeiro tempo. No primeiro gol Odegaard serviu Oyarzabal, que colocou no fundo da rede. No segundo, Portu conduziu a bola até a área e finalizou pra dentro e no terceiro Odegaard marcou de falta. Os anfitriões diminuíram ainda no primeiro tempo com uma bola parada levantada na cabeça de Aridane que já havia acertado a trave de cabeça no início da partida. No segundo tempo a defesa da Sociedad errou e Ávila aproveitou para encostar no placar. Contudo, Roncaglia foi expulso ao dar uma cotovelada no jogador oponente e deixou a defesa com um buraco, permitindo que a bola chegasse limpa para Isak. Ele estava livre e pronto para fazer o quarto gol dos bascos. Ávila ainda pareceu uma última vez no jogo para ganhar da defesa da Sociedad e marcar o terceiro gol, porém, não alterou o resultado. Final: Osasuna 3 x 4 Real Sociedad.

Os amarelos dominaram os azuis, principalmente no primeiro tempo, porém o gol saiu no segundo. Anguissa enfrentou toda a defesa do Getafe e no arremate a sobra ficou com Gómez, que mandou pro gol. Os visitantes não conseguiram aproveitar as chances que criaram para empatar e ainda tiveram expulso um jogador que saiu do banco. Final: Villareal 1 x 0 Getafe.

O Valladolid recebeu o Valencia e atuou de maneira surpreendente. O segundo tempo foi bem mais enérgico que o primeiro e o time da casa dominou. O goleiro Doménech, do Valencia, fechou o gol, até que Guardiola marcou de falta, pois o goleiro só conseguiu tirar a bola dentro do gol, porém, no último lance, Torres rolou para Vallejo que saiu do banco para empatar o jogo. Final: Real Valladolid 1 x 1 Valencia.

O Levante venceu em casa de virada. O Celta começou melhor e abriu o placar com Aspas, após receber a bola em cobrança de escanteio. A virada começou no segundo tempo quando Martí aproveitou rebote no chute de Mayoral e estufou a rede. Depois, Mayoral voltou a servir Martí, mas dessa vez conscientemente, rolando para trás e deixando o companheiro de cara com o gol vazio. Mayoral ainda deixou o seu após receber o cruzamento rasteiro vindo da linha de fundo de Toño. Excelente partida de Mayoral, que saiu do banco para ser o homem do jogo. Final: Levante 3 x 1 Celta de Vigo.

O Granada teve pontuais chances no País Basco, mas no fim deu Eibar. Os anfitriões dominaram boa parte de todo o jogo e marcaram 3(três) gols. No primeiro Escalante cruzou para Enrich marcar, no segundo, Exposito abriu na direita para Kike, que arrematou cruzado para as redes, e no terceiro, Casín saiu do banco para servir Inui na esquerda, que bateu cruzado e fechou o caixão. Final: Eibar 3 x 0 Granada.

O Espanyol também não soube aproveitar as chances pontuais que teve e foi dominado fora de casa pelo Leganés que marcou dois gols. O primeiro saiu com Braithwaite após a linha alta do Leganés forçar o erro da defesa do Espanyol. O segundo veio quando Kevin Rodrigues rolou para En-Nesyri estufar a rede. Final: Leganés 2 x 0 Espanyol.

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta