LaLiga

Resumo-LaLiga: Rodada 16

Resumo da rodada da La Liga

POR: Paulo Vítor Trindade @paulovitort

Esse fim de semana ocorreu a décima sexta rodada da La Liga com vários resultados elásticos e jogos emocionantes. Acompanhe agora o resumo do InterferenciaExterna.com.

O Barcelona recebeu o Mallorca no Camp Nou e Messi exibiu tanto a sua sexta bola de outro, como seu incontestável talento. Logo no início, Griezmann recebeu na esquerda e saiu de cara com o goleiro, deu uma cavadinha e abriu o placar. Messi aumentou dez minutos depois com um chutaço na gaveta. O argentino ainda abriu para Sergi roberto que rolou para Suárez bater na trave, e o Mallorca chegou a sonhar com o empate quando Budimir marcou um golaço, encobrindo Ter Stegen, mas em triangulação entre Suárez e Rakitic a bola terminou em Messi que repetiu o feito do seu primeiro gol. Ainda no primeiro tempo, em tabela de Sergi Roberto com De Jong, o Holandês enfiou para Suárez que marcou o quarto do Barça de calcanhar. No segundo tempo, Kubo abriu para Gámez que cruzou na cabeça de Budimir para marcar o segundo dos visitantes e os catalães fecharam o caixão com passe em profundidade de Busquets para De Jong que rolou para Suárez e serviu para Messi fazer o seu hat-trick em mais um chute colocado. Final: Barcelona 5 x 2 Mallorca.

O Real Madrid também venceu em casa contra o Espanyol. Apesar dos visitantes terem tida a primeira chance real de gol os merengues foram superiores, principalmente no segundo tempo. O primeiro gol saiu no primeiro tempo após tabela de Benzema com Casemiro confundir a defesa e Varane colocar para dentro. O segundo tempo foi recheado por chances perdidas de Benzema até ele dar a sentença. Mendy ainda foi expulso no final. Final: Real Madrid 2 x 0 Espanyol.

O Sevilla visitou o Osasuna e o jogo foi mais emocionante que o previsto. O Osasuna começou bola no travessão, mas o Sevilla abriu o placar com excelente batida de Munir após passe longo de Banega, porém no final do primeiro tempo os anfitriões buscaram o empate com ótimo passe com calcanhar de Adrián para Ávila que chutou forte para obter o empate. No segundo tempo García aproveitou falha da defesa do Sevilla, mas finalizou na trave, e então Oier foi expulso, permitindo ao Sevilla dominar a partida, contudo, o goleiro Ruiz estava em noite mágica e manteve o placar empatado até fim. Final: Osasuna 1 x 1 Sevilla.

Uma partida que terminou sem gols, foi de Valladolid contra Sociedad. O jogo como um todo foi mais agitado no segundo tempo, porém sempre muito igualado com bons momentos de ambos os times, mas nenhum conseguiu converter seus minutos de supremacia em gols. O time da casa ainda teve um gol anulado por impedimento, mas fora isso as redes não balançaram. Final: Real Valladolid 0 x 0 Real Sociedad.

Outro jogo com gols anulados e jogador expulso foi o de Eibar contra Getafe. O primeiro tempo foi calmo com o apenas uma chance pra cada lado. O jogador do Eibar cabeceou para fora e o do Getafe acertou o travessão. O segundo tempo foi mais emocionante com um gol do Getafe anulado por impedimento e outro do Eibar anulado por domínio com a mão. O goleiro do Eibar, Dmitrovíc, foi outro que brilhou quando seu time estava num mal momento do jogo, acabou sendo vencido por Ángel que fez o único gol da partida. O Eibar ainda teve Orellana expulso no final. Final: Eibar 0 x 1 Getafe.

Messi não foi o único a levar a bola da rodada para casa. O Betis recebeu o Bilbao e o primeiro tempo com extenso domínio do Betis teve quatro gols. Joaquín fez o seu primeiro gol pelo time da casa ao dominar uma bola vinda da lateral direita na entrada da pequena área e então chicotear para as redes. Por mais duas vezes, Joaquín recebeu a bola como um meia esquerda e bateu cruzado para anotar o seu hat-trick. Entretanto os bascos voltaram para o vestiário com esperança, pois no final da primeira etapa, Moreno pôs a mão na bola dentro da área e Iñaki converteu o pênalti para o Bilbao. As coisas pareciam se complicar na segunda etapa, quando Yuri marcou o segundo do Bilbao em balaço do meio campo, mas no fim Joaquín ainda teve a chance do quarto, mas foi detido pelo goleiro basco e o Betis não sofreu mais perigo. Final: Real Betis 3 x 2 Athletic de Bilbao.

Outra partida sem gols foi a de Villareal contra Atlético de Madrid. A maior parte do domínio dos colchoneros foi no primeiro tempo, mas no segundo o jogo se tornou muito igualado com os dois goleiros trabalhando e chances sendo desperdiçadas de ambos os lados. João Félix foi o nome do jogo, mas não conseguiu decidir. Final: Villareal 0 x 0 Atlético de Madrid.

O derby de Valência que começou como um sonho para o Levante se tornou um pesadelo. Os anfitriões começaram com dois gols de Martí com batidas fortes no canto direito, uma com bola rolando e outra de pênalti, mas no fim do primeiro tempo, o próprio Martí marcou contra e deu força para os adversários na etapa decisiva. Gameiro aproveitou recuo errado da defesa do Levante e cara-a-cara com o goleiro empatou o jogo com cavadinha. A virada veio com o próprio Gameiro, que aproveitou assistência de Torres e colocou mais uma para dentro. O Valência fechou o caixão com próprio Torres após expulsão de Eliseo e com assistência de Rodrigo. Final: Levante 2 x 4 Valência.

Mais jogadores foram expulsos no jogo entre Granada e Alavés. Apesar de pontuais chances do Alavés, a partida foi quase toda do Granada, principalmente no segundo tempo. Diaz colocou na cabeça de Fernandez, que testou para o fundo do gol. Pouco tempo depois, García pôs o braço na bola e Soldado converteu o pênalti. Mubarak foi expulso e depois disso Herrera, em bela jogada pela meia direita marcou o terceiro. Alavés ainda tentou uma pressão, mas tudo que conseguiu foi mais uma expulsão. O avermelhado da vez foi Laguardia. Final: Granada 3 x 0 Alavés.

E para finalizar, a disputa na zona de rebaixamento entre Leganés e Celta de Vigo. Os anfitriões dominaram todo o primeiro tempo e boa parte do segundo. Óscar Rodriguez marcou duas vezes de fora da área, uma com bola parada e outra rolando. O terceiro também veio de fora da área pelos pés de um Rodrigues, mas não o Óscar, e sim o Kévin. O Celta ainda tentou reagir com cabeçada para o fundo do gol de Araujo e gol do craque do time, Aspas em bela jogada pela direita. No intervalo dos dois gols o Celta ainda teve um jogador expulso. Final: Leganés 3 x 2 Celta de Vigo.  

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta