Futebol Internacional

Premier League: 12ª rodada

POR: Gustavo de Oliveira Souza

O final de semana terminou, e a 12ª rodada da Premier League também. O jogo entre Norwich e Watford abriram a rodada, e no Carrow Road, os canários foram surpreendidos, sofrendo a derrota por 2×0. Apesar da expulsão de Kabasele pelo segundo cartão amarelo, os gols de Deulofeu e Andre Gray foram suficientes para os visitantes.


Já no sábado, os comandados de Lampard confirmaram o mando de campo e venceram o Crystal Palace pelo mesmo placar do jogo de sexta, por 2×0. Os jovens do Chelsea foram fundamentais na partida, e com os gols de Pulisic, e do vice artilheiro do campeonato, Tammy Abraham, não deu para o goleiro do Palace, Vicente Guaita, que não conseguiu manter o “clean sheet”.


Sem Bernard e André Gomes, o Everton visitou o Southampton e conseguiu a vitória. Logo no início do jogo Tom Davies abriu o placar, no início da segunda etapa Ings, que tem 6 gols nos últimos 7 jogos, empatou a partida. E para colocar o seu time de novo na frente do placar, o brasileiro Richarlison marcou, dando números finais ao jogo, e deixando o Everton um pouco mais distante da zona de rebaixamento.


Em Londres, a sensação do campeonato, Sheffield United, conseguiu arrancar o empate diante dos Spurs. Os visitantes do Sheffield criavam boas chances de gol, com direito a até bola na trave, porém foi o Tottenham que abriu o marcador. Aos 13 minutos do segundo tempo Son Heung-Min aproveitou o vacilo da zaga adversária e a falha do goleiro Dean Henderson e fez o gol. Vinte minutos depois o time visitante empatou a partida. Após cruzamento de McGoldrick, Baldock completou para as redes, e assim terminou a partida.


O último jogo do sábado ocorreu entre Leicester e Arsenal, no King Power Stadium. Os campeões da Premier League de 2015/2016 bateram os Gunners por 2×0. Na segunda etapa, Vardy e Maddison chegaram às redes, com isso Vardy se manteve na artilharia do campeonato inglês, com 11 gols. Os foxes chegaram a quatro vitórias seguidas e ocupam a vice colocação, já o Arsenal caiu para a sexta posição da tabela.


No domingo de manhã, o Manchester United, que vinha de derrota para o Bournemouth, venceu, no Old Trafford, a equipe do Brighton. Andreas Pereira abriu o placar, Propper (contra) ampliou, o zagueiro Dunk diminuiu o marcador e, Marcus Rashford, artilheiro do time na competição, finalizou o jogo em 3×1. Após o placar, o time de Manchester ultrapassou o próprio Brighton na tabela, e também reduziu a distância para o quinto lugar, posição que dispõe de vaga para a Liga Europa.


Fechando a rodada, temos o jogo mais aguardado, entre os até então líder e vice-líder. Com seis pontos na frente, o Liverpool buscava a vitória para distanciar ainda mais, já o Manchester City almejava vencer o confronto, fora de casa, para deixar a distância em apenas 3 pontos. Logo no início, aos 6 minutos, Fabinho acertou um chutasso de fora da área. Sete minutos depois, Robertson cruzou na medida e Salah tratou de ampliar o marcador, dando maior tranquilidade aos Reds. Também aos 6 minutos, porém do segundo tempo, o Liverpool sacramentou a vitória. Mané aproveitou a bola que Henderson mandou para a área e colocou 3×0 no placar. Ainda deu tempo do City diminuir, Bernardo Silva bateu de canhota no canto do gol, sem defesa de Alisson. Terminando a rodada dessa forma, com a vantagem ampliada do Liverpool em relação ao City, além da perda de duas posições do time de Manchester, que caiu para a quarta colocação.

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta