Futebol

Para se esquivar da crise, Palmeiras busca classificação na Libertadores.

Com um dos melhores e mais valiosos elencos do país, o Palmeiras lida com o momento de maior pressão na temporada. A derrota para o Internacional fora de casa pela Copa do Brasil, fez com que torcedores contestassem a eficiência do time em momentos decisivos. Os torcedores palmeirenses já haviam tido a primeira decepção no início de 2019, quando a equipe foi eliminada na semifinal do Campeonato Paulista contra o São Paulo, jogando no Allianz Parque. Devido a resultados positivos nos anos anteriores, a derrota provocou apenas uma indignação passageira na torcida, nada que afetasse a relação.

Após o tropeço, o alviverde fez jus as expectativas depositadas em outras competições, liderou com 5 pontos de vantagem o grupo F da Copa Libertadores da América, garantindo a melhor campanha da primeira fase. Já no Campeonato Brasileiro, a equipe ocupa a liderança. Eliminação é um acontecimento normal no futebol, como o próprio treinador do Palmeiras, Luiz Felipe Scolari, justificou a queda na Copa do Brasil, porém, a pouca eficiência em momentos decisivos tem deixado até os torcedores mais calmos de cabeça quente. Além da eliminação, na mesma semana o time perdeu a invencibilidade de 33° rodadas e quase um ano na liga nacional.

Os resultados inesperados geraram críticas nas redes sociais para a diretoria, comissão técnica e jogadores. Em meio as cobranças, torcedores pediam reforços, entre eles dois nomes já conhecidos no clube alviverde: Jorge Valdivia e Keno.

Com a relação abalada com a torcida, o Palmeiras tenta uma reconciliação nesta terça, em Mendoza, Argentina, enfrentando o Godoy Cruz pelas oitavas de final da Libertadores, as 21h30 (de Brasília).

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta