Transferência

Golpe final da operação Cavani fracassa

Cavani entre Paris e Madrid

POR: Paulo Vítor Trindade

O Atlético de Madrid lançou na última segunda-feira (27) sua última proposta pelo atacante, Edinson Cavani do Paris Saint-Germain. A oferta foi de 18 milhões de euros (R$ 84 milhões), mas também foi recusada pelo clube. Os franceses já haviam recusado propostas de 10 milhões e 15 milhões de euros pelo jogador (R$ 47 milhões e R$ 70,5 milhões respectivamente), alegando que o centroavante era importante para Champions League e que só aceitaria propostas a partir de 20 milhões de euros (R$ 94 milhões).

Os jornais L’Equipe e Le Parisien anunciaram a última rejeição do PSG nessa quinta(30), último dia da janela de transferências. Os veículos afirmaram que Cavani tentou várias vezes contatar o presidente do clube de Paris: Nasser Al-Khelaifi, mas sem sucesso. O uruguaio teria ofertado reduzir seu salário para mudar de time, porém o Atlético contava com o dinheiro da transferência de outro jogador: Lemar, mas não aconteceu e a “Operação Cavani” fracassou. Entretanto, o camisa 9 (nove) ainda deve estar presente em Madrid na próxima temporada, já que seu contrato acaba em Junho desse ano.  

Cavani é o maior artilheiro e um dos maiores ídolos do clube. Marcou 198 gols em 293 jogos desde 2013 pelo PSG. Sua principal motivação para sair é a perda de espaço entre os titulares para Neymar, Di María, Icardi e Mbappé. A última vez do atacante em campo foi na reta final do empate por 2 x 2 contra o Monaco em 12 de Janeiro. Esse foi um dos 14 jogos do qual participou nessa temporada e só marcou 5 (cinco) gols.      

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta